29 de maio de 2017

Angst

Angst (Alemanha, 1983)

Diret Gerald Kargl
Com Erwin Leder, Silvia Rabenreither, Edith Rosset, Rudolf Gotz.

Angst (ALEM, 1983)

Será o ultimate filme realista? Será que as pretensões realistas do cinema found footage já haviam sido alcançadas e ninguém sabia? Angst é uma produção independente com o mínimo de efeitos e o máximo de naturalidade em sua crueza narrativa e visual. Todo narrado como monólogo interno, o filme conta a saída do cárcere de um jovem que cumpriu dez anos de pena por ter matado a mãe! Sua motivação e interesse agora é encontrar a nova vítima. Seu objetivo é esse e somente esse. É um caminho inevitável como seu único prazer possível. Depois do contato com algumas pessoas em uma lanchonete, ele encontra uma casa, aparentemente desabitada e a invade. Mas os moradores (mãe, filha e filho deficiente) voltam ao local e são dominados.

O Espelho

Oculus (EUA, 2013) 

Diret Mike Flanagan
Com Karen Gillan, Brendon Thwaites, Katee Sakhoof, Rory Cochrane, Annalise Basso.

Oculus (EUA, 2013)

Pegadinhas do além! O diretor Mike Flanagan tem se destacado no terror moderno com filmes respeitáveis. Este Oculus é um grande exemplo de cinema despretensioso e dentro dos padrões de consumo, mas é tão bem feitinho e inteligente que se destaca imediatamente e merece todos os elogios.
Karen e Brendon são irmãos e se fecham em sua velha casa para destruir um espelho maligno que vem influenciando pessoas e provocando mortes há séculos! As últimas vítimas foram seus pais! Karen está especialmente empenhada na destruição da peça e prepara diversos recursos para cumprir seu objetivo.

24 de maio de 2017

Tetuso II - Body Hammer

Tetsuo II (Japão, 1992)

Diret Shinya Tsukamoto
Com Tomoro Taguchi, Nobu Kanaoka, Shinya Tsukamoto.

Tetsuo II (JAP, 1992)

Sangue metaleiro! Clássico da estética cyberpunk que deu sequência ao cult Tetsuo (1989), produzido de forma independente e que alcançou sucesso merecido com sua ousadia insana e linguagem alucinada. Tetsuo II dá continuidade ao tormento de Taniguchi, o pobre homem urbano, infectado pelo resíduo industrial, transformado em um "super ser biomecânico", uma vítima de sua condição.

21 de maio de 2017

Eles Existem

Exists (EUA, 2014)

Diret Eduardo Sanchez
Com Chris Osborn, Dora Madison, Roger Edwards, Denise Williamson.

Eles Existem

Mesma piada! Variante de found footage dirigido por um dos caras responsáveis por Bruxa de Blair, Eduardo Sanchez, que vem se dedicando ao gênero terror com frequência respeitável. Pena que muita coisa dele tem ficado meio capenga e oportunista como Aterrorizados (Altered, 2006). Mas este Exists ficou melhor do que se poderia esperar. É sobre um grupo de amigos bikers que passa um fim de semana em uma casa na floresta para gravar vídeos para o YouTube. Existem rumores de que a região é habitada pelo Bigfoot e logo eles estarão presos na cabana e ameaçados por uma estranha criatura humanoide que ronda a região. No desespero, todas suas tentativas de proteção e fuga do local serão mal sucedidas.

19 de maio de 2017

Audição

Audition (Japão, 1999)

Diret Takashi Miike
Com Ryo Ishibashi, Eihi Shiina, Jun Kunimura.

Audição

Os extremos se tocam! Depois de uma série de dramas e filmes policiais durante a década de 90, o diretor Takashi Miike entrou para o fantástico e terror com este incrível exercício estético. Conta o drama de Shigeharu, um produtor de cinema viúvo que faz testes de elenco para encontrar a atriz de uma suposta nova produção. Na verdade ele precisa de um novo romance e Asami, a jovem escolhida, parece ser a garota ideal: é educada, retraída e com um passado traumático. Mas a busca pela verdade sobre a garota vai levar Shigeharu a situações aterradoras.

16 de maio de 2017

Exército de Frankenstein

Frankenstein´s Army (EUA, Holanda, 2013)

Diret Richard Raaphorst
Com Robert Gwilym, Alexander Mercury, Luke Newberry.

Exército de Frankenstein

Naziexploitation is alive, alive! Found footage divertidinho sobre unidade do exército russo que precisa invadir um laboratório e capturar o cientista alemão que nesse local faz experiências na constituição de um novo exército. O líder da missão tem a tarefa de documentar tudo e assim, justifica-se a filmagem com câmera na mão, tremedeira e corre-corre. O conflito é que, nem toda a unidade está sabendo da missão suicida e o cientista, alvo da missão, pode ser simplesmente o filho de Victor Frankenstein que segue os experimentos do pai e junta partes de corpos mortos à partes mecânicas para criar guerreiros invencíveis. Espécimes vivos também servem e os soldados russos terão um fim de missão não muito glorioso.

14 de maio de 2017

Evilenko

Evilenko (Itália, 2004)

Diret David Grieco
Com Malcolm McDowell, Marton Csokas, Ronald Pickup, Frances Barber.

Evilenko

Isso é que é esquerdopata! Ambientado na União Soviética em meados dos anos 80, este excelente thriller tem Malcolm McDowell como Andrej Evilenko, um sujeito que se dedica de forma ferrenha ao comunismo velha guarda. Destrata seus camaradas que aderem às reformas da Glasnost e é implacável com seus jovens alunos indisciplinados. Até que é demitido por tentar abusos com uma aluna! Seu desajuste o leva a uma vida de crimes, especialmente envolvendo crianças.

Hausu

Hausu (Japão, 1977)

Diret Nobuhiko Obayashi
Com Kimiko Ikegami, Miki Jimbo, Eriko Tanaka.

Hausu

A casa maluca! Curiosa produção japonesa que ultrapassou todas as outras curiosas produções japonesas. Bizarro seria a palavra para definir Hausu (House). Mas não há gramática suficiente para se definir esse filme, o que pode ser até uma virtude. Sua construção estética desafia descrições. O filme é uma fantasia, que estranhamente assume a linguagem de programas de TV, assume o humor, a trilha sonora pop/brega e convenções góticas de filmes de casarão assombrado. 

10 de maio de 2017

Bad Boy Bubby

Bad Boy Bubby (Austrália, 1993)

Diret Rolf de Heer
Com Nicholas Hope, Claire Benito, Ralph Coterill, Syd Brisbaine. 

Bad Boy Bubby

Sabe nada, inocente! Drama de desajuste social do sempre eficiente mercado australiano. Bubby é um sujeito diferente. Meio devagar no pensamento mesmo em sua vida adulta. E sua mãe, muito esperta, cria Bubby como um bicho de estimação. Ele não tem pai, ele não sai de casa, não conhece nada nem ninguém. Vive em um ambiente decrepito. Aprende a falar repetindo as ordens irritantes da mãe e tem como brinquedo as baratas de sua casa e o gato que ele maltrata. Até que um dia, por uma circunstância violenta, ele tem a chance de se aventurar, pela primeira vez desde que nasceu, fora da porta de casa para conhecer o mundo, esse lugar fascinante e repleto de estímulos. Essa selva de preconceitos, desonestidade e vícios que caracterizam a vida social do homem. E Bubby, em sua completa inocência, estará entregue ao acaso absoluto em sua trajetória. O acaso é seu destino!

4 de maio de 2017

A Autópsia

The Autopsy of Jane Doe (ING, EUA, 2016)

Diret Andre Ovredal
Com Brian Cox, Emile Hirsch, Ophelia Levbond.

A Autópsia

Meu corpo, minhas regras! Grande suspense do diretor norueguês Andre Ovredal, que já havia feito o divertido Troll Hunter na linha dos found footage e confirma seu talento neste inventivo Autopsy of Jane Doe. A maior surpresa é mesmo a sutileza com que o filme é conduzido, especialmente na primeira parte que tem um fascínio próprio e raramente visto no terror contemporâneo. O detalhismo e o cuidado narrativo destacam o filme como um dos grandes de seu período.

1 de maio de 2017

Anamorph - A Arte de Matar

Anamorph (EUA, 2007)

Diret Henry Miller
Com William Dafoe, Scott Speedman, Don Harvey.


William Dafoe é o cara. Neste ambicioso suspense, ele é um detetive famoso por ter resolvido um caso difícil de assassinatos em série e agora um novo caso aparece com as mesmas características do anterior: um assassino que usa as vítimas (ou partes delas) em disposições de referências à história da arte. Os crimes remetem à obras de arte ou usam citações à história da arte como a Câmara Escura, o pantógrafo e a distorção anamórfica. Este última característica tem especial importância ao filme, uma vez que é um recurso estético que força o observador a uma posição alternativa diante do que vê. Exatamente o que o investigador precisa fazer para chegar ao assassino. Mudar seu ângulo de abordagem.