29 de maio de 2018

O Convite

The Invitation (EUA, 2015)

Diret Karin Kusama, com Logan Marshall-Green, Tammy Blanchard, Michiel Huisman, John Carrol Lynch, Emayatzy Corinealdi.

O Convite

Friends e killers! Em uma palavra: fascinante! Suspense de rara eficiência apoiado no drama entre personagens mais do que nas apelações do gênero. Se possível, assista sem ler este texto previamente pois qualquer comentário vira spoiler! Will e sua namorada Kira participam de um jantar que reúne um grupo amigos na casa onde Will morou. Eden, sua ex, agora esta casada com David. Will e Eden guardam um trauma pelo local, pela separação e pelo que ocorreu ali. E a reunião de amigos no local deverá servir para superar o passado e rever relações entre todos em uma confraternização. Mas Will nunca superou nada e em sua desconfiança constante começa a suspeitar de que há outras intenções no convite de Eden e David.

27 de maio de 2018

Hotel of the Damned

Hotel of the Damned (Romênia, 2016)

Diret Bobby Barbacioru, com Peter Dobson, Roxana Luca, Louis Mandilor, Bogdan Marhodin.

Hotel of the Damned (Romênia, 2016)

Canibais na terra dos vampiros! Terror corriqueiro, mas o simples fato de ter sido feito na Romênia já o destaca pela curiosidade. Jimmy acabou de cumprir pena e sair do cárcere. O único amigo que o espera na porta para uma carona é Nicky. E quando Jimmy volta para casa para rever a filha Eliza, descobre que ela está à beira da marginalidade e namorando um tipo suspeito. Jimmy e Nick vão buscar a garota e no caminho de volta batem o carro e capotam em uma estrada deserta. Na busca por abrigo entram um velho hotel desativado para descanso e cuidar dos ferimentos. Mas o local é habitado por um bando de canibais e o grupo terá que lutar para se proteger.

26 de maio de 2018

Italian Sleazy Collection

Ma che cazzo?! Sempre que vejo reviews e levantamentos sobre trash, terror, thriller, sinto falta das podreiras made in Italy. Geralmente ficam de fora, a menos que sejam de consagrados mestres como Argento, Fulci, Lenzi. Por que isso acontece? A resposta é bem simples: tem tantos que não dá pra contar ou selecionar.

Italian Sleazy Collection
A linha exploit italiana tem coisas inacreditáveis em sua ousadia apelativa simplesmente porque procedem dos imperativos operísticos tipicamente italianos. Capiche? O que o público está pagando pra ver? Putaria e violência? Então toma! E muita coisa não foi devidamente conhecida em sua época na briga por distribuição e espaço nas bilheterias.

25 de maio de 2018

Ghostkeeper

Ghostkeeper (CAN, 1980)

Diret Jim Makichuck, com Riva Spier, Murray Ord, Sheri McFadden, Georgie Collins.

Ghostkeeper (CAN, 1980)

Pequeno notável! Marty, Jenny e Chrissy estão em férias pelas montanhas curtindo as belas paisagens cobertas de neve. Quando separam-se de seu grupo, vão explorar uma trilha em meio a um bosque. Para se abrigarem da neve e passarem a noite depois que um dos snowmobiles quebra, entram em um hotel que parece vazio. Lá dentro encontram a velha zeladora que cuida sozinha do local. Ela os acolhe para o pernoite, mas tem mais gente habitando a velha construção... Então já viu, Ghostkeeper é uma coleção dos mais óbvios clichês do slasher anos 80: hotel abandonado, veículo quebrado, velha misteriosa, filho louco, tem até o final (spoiler, mas previsível) com a protagonista tomando o lugar da zeladora.

23 de maio de 2018

Frenesi

Frenzy (ING, 1972)

Diret Alfred Hitchcock, com Barry Foster, John Finch, Anna Massey, Alec McCowen.

Frenesi

Clássico do cinismo. Hitchcock de volta a Inglaterra fechou a carreira em grande estilo com este filme (sem contar o fraquinho Family Plot). Depois da queda produtiva e de bilheteria com a mediana repercussão de Marnie, Cortina Rasgada e Topázio, o diretor encontrou novo vigor na volta a sua terra natal. Frenesi é um de seus melhores momentos pela feliz conjunção de elementos diversos como a morbidez tipicamente britânica (tão marcante na obra do diretor), o domínio técnico para efeito dramático, o cinismo declarado, a perfeita direção de atores e a explicitação que a época permitia.

21 de maio de 2018

Frightmare

Frightmare (ING, 1974)

Diret Pete Walker, com Deborah Fairfax, Sheila Keith, Rupert Davies, Kim Butcher.

Frightmare (ING, 1974)

Royal exploit! Grande Pete Walker! Um dos poucos diretores ingleses a investir no cinema exploitation em seu mercado e que teve uma sequência de bons thrillers pela década de 70. 
Debbie e Jackie são irmãs em crise. Papai e mamãe estiveram ausentes por quinze anos cumprindo pena, mas com sua (suposta) reabilitação e consequente liberdade pelas autoridades, a situação das duas jovens sofre uma reviravolta ainda maior, ainda pior. Mamãe faz leituras de tarô e gosta de carne humana! Seus clientes geralmente vão parar na dispensa! E papai, em seu amor eterno, vive no tormento de acobertar tudo para proteger a parceira. Jackie está á beira da marginalidade e vive em atrito com Debbie. Manipuladora, e com um gosto especial por violência, Jackie não poupa meios nem para agredir um barman que lhe negou bebida. E Debbie, instável e irritadiça, recebe as visitas de um pretendente, estudante de psicologia, que parece ser o único personagem equilibrado em um assustador painel de pessoas desajustadas em conflitos crescentes.

19 de maio de 2018

Riti Magie Nere e Segrete Orge nel Trecento

Riti, Magie Nere e Segrete Orge nel Trecento (ITA, 1971)

Diret Renato Polselli
Com Mickey Hargitay, Rita Calderoni, Raul Lovecchio, Krista Barrymore.

Riti, Magie Nere e Segrete Orge nel Trecento (ITA, 1971)

Aberrativo! Quantas horas de filme ruim você já viu? Foram suficientes? Mesmo que saciado com os fenômenos trash, sleazy, exploit que o cinema B deixou pela história, vale a pena perder mais uns 80 minutinhos com este "Ritos, Magia Negra e Orgias Secretas no Século XIV", na tradução aproximada. Uma peça indescritível do cinema-catástrofe. Euro-trash de primeira linha!

15 de maio de 2018

Desafio do Além

The Haunting (EUA, 1963)

Diret Robert Wise, com Julie Harris, Richard Johnson, Claire Bloom, Russ Tamblyn.

Desafio do Além

– A presença de vocês pode estimular as estranhas forças que ocorrem aqui.
– Seremos como iscas vivas?

A melhor casa suspeita. Richard Johnson é um antropólogo que reúne um grupo de pessoas para uma temporada no velho e sinistro casarão Hill House. Sua intenção é a aproximação científica dos eventos, a curiosidade analítica e a possível constatação de fatos. Richard pode estar catalogando um dos maiores fenômenos na área pouco explorada da espiritualidade. Mas... a monumental construção que acumula histórias de loucura e morte desde o século XIX, irá fazer um estrago muito maior nos corações e mentes dos presentes. Muito mais do que mover objetos ou fazer contato com poltergeists, Hill House tem um poder notável sobre os mais instáveis e isso dá uma lógica preocupante para o desenvolvimento do drama.

13 de maio de 2018

Um Lugar Tranquilo no Campo

Un Tranquillo Posto di Campagna (ITA, 1969)

Diret Elio Petri, com Franco Nero, Vanessa Redgrave, Georges Geret, Rita Calderoni.

Um Lugar Tranquilo no Campo
– Procuro um lugar tranquilo no campo...
– Mais tranquilo que isto só a morte...

Pesadelo pop-art-cinético-modernista!!! Franco Nero é Leonardo, um artista plástico em crise de criação. Seu bem sucedido trabalho na arte pop é uma máquina de fazer dinheiro para a felicidade de sua companheira Flavia (Vanessa Redgrave) e do empresário que os apoia. Mas a pressão sobre Leonardo é grande e o colapso é iminente. Na sequência que abre o filme ele esta atado da cabeça aos pés enquanto Flavia faz compras e enche a casa de bugigangas tecnológicas inúteis. Em um acesso de fúria Leonardo rompe as cordas e tenta matar Flavia! A sequência, que sintetiza o filme todo, carrega na estética pop (Petri tem na bagagem o cult A Décima Vitima) e não por acaso acontece em um pesadelo.

12 de maio de 2018

Sauna

Sauna (Finlândia, 2008)

Diret Antti-Jussi Annila
Com Ville Virtanen, Tommi Eronen, Viktor Klimenko, Rain Tolk, Kari Ketonen.

Sauna (Finlândia, 2008)
Lavar pecados dói muito! Raro exemplar de cinema fantástico produzido na Finlândia. E ainda com esse título no mínimo excêntrico. O que será que significa essa palavra em finlandês? Então fui conferir e veja só: Sauna é sauna mesmo! Casa de banho. Neste caso, um local de lavar a alma e expiar os pecados.
A história é ambientada em 1595, ao final da guerra entre Rússia e Suécia. Erik e Knut são irmãos e integram uma comissão de paz que deverá mapear a região em que se encontram e se dirigir a uma segunda comissão para finalmente assinar um tratado de paz. Mas a trajetória pela região pantanosa é traiçoeira e coisas estranhas começam a acontecer: a bússola se desorienta, os caminhos se perdem, os integrantes se desentendem, Knut começa a ter visões frequentes de uma suposta vítima. Finalmente o grupo chega a um vilarejo onde encontram a enigmática sauna: uma construção feita pelos monges que habitaram o local e que serve à purificação espiritual.

10 de maio de 2018

Annabelle

Annabelle (EUA, 2014)

Diret John R. Leonetti, com Annabelle Wallis, Ward Horton, Tony Amendola, Alfre Woodard.

Annabelle (EUA, 2014)

Filha de uma Chucky! Então, depois de The Conjuring que deu muito certo e fez seu merecido sucesso, tivemos as consequências. Situação inevitável no mercado moderno que julga as franquias infinitas como indicador de qualidade. Sei não... E no mercado traiçoeiro da indústria pop vamos nos confrontando (querendo ou não) com seus produtos sequenciados e estratégias marketeiras que parecem ter se tornado uma virtude. 
Então vejamos aqui: filme de terror com boneco maligno. Tema difícil e aparentemente já esgotado depois dos filmes de ventríloquos como Na Solidão da Noite (1945) ou Um Passe de Mágica (1978) e depois da série Chucky iniciada em Child´s Play (1988).

8 de maio de 2018

The Black Cat

The Black Cat (ITA, 1981)

Diret Lucio Fulci, com Mimsy Farmer, Patrick Magee, David Warbeck, Al Cliver, Dagmar Lassender.

The Black Cat (ITA, 1981)

It´s a fucking cat! Bleah, bleah! Um Fulci dos bons. Adaptação livre (como todas) do conto homônimo de Edgar Allan Poe, aqui com Patrick Magee como um médium que faz gravações de seus contatos com espíritos. Utilizando seus poderes hipnóticos, Magee mantém domínio sobre um gato preto e o utiliza em crimes. Mimsy Farmer é uma fotógrafa que auxilia nas investigações da policia local. Na mesma estrutura dos filmes do diretor em seu período de ouro, Black Cat tem a característica foto de contrastes (Sergio Salvati), repleta de sombras expressionistas, montagem de fragmentos paralelos para a suspensão narrativa em um show visual notável.

3 de maio de 2018

Pyewacket

Pyewacket (CAN, 2017)

Diret Adam McDonald, com Nicole Muñoz, Laurie Holden, Chloe Rose, Eric Osborne.

Pyewacket (CAN, 2017)

O nome é Wacket, Pyewacket! Boa surpresa do cinema canadense neste terror elegante que surpreende na carga dramática! Leah é um depósito de problemas juvenis: perdeu o pai recentemente, vive em atrito com a mãe e tem um romance não muito bem assumido com um colega de escola. Seu gosto pelo oculto é uma forma de escape de seu cotidiano sufocante e desinteressante. E no vai-e-volta dos confrontos com a mãe (que também não superou a perda do marido), Leah tem um surto de irritação e invoca forças malignas em um ritual copiado de livros de ocultismo. Será só um surto de raiva adolescente ou Leah realmente conjurou o que não devia e colocou em perigo a vida da mãe, a de seus amigos de escola e até mesmo a sua?