13 de agosto de 2019

A Vingança dos Derrotados



Sempre a mesma. Quando são feitas retrospectivas históricas, os destaques se repetem como inquestionáveis marcos. São os clássicos e os grandes filmes que demarcam a história e ficam como referências obrigatórias a quem quiser traçar a trajetória de gêneros ou diretores. Então temos os grandes filmes de época que servem à convenção reconhecida. Mas e aqueles filmes que também são muito bons e vão ficando esquecidos das revisões históricas? Hora de lembrar deles!

A cultura de massa produz em uma quantidade maior do que podemos consumir e assim é necessário uma revisão ocasional nos menos citados. Então, em plena era dos superlativos "Top 10" pra qualquer coisa, o Felipe Preto propõe aqui uma lista de esquecidos e menos vistos. Filmes que não são tão ruins como se supôs em seu período ou que foram simplesmente obscurecidos por filmes maiores.

Aí vão Top 20 Esqueceram de Mim...

1947 Secret Beyond the Door • Drama de Fritz Lang pouco lembrado. Joan Bennet acaba de se casar com Michael Redgrave e vive um tormento em decifrar a real personalidade e comportamento instável do marido. O convívio com a família do marido acentua suas dúvidas e apreensões. Na linha dos thrillers psicanalíticos como Spellbound. Um show estético com seus jogos de luzes espectrais. Uma variação na notável série de dramas noir do diretor. 😈😈😈

secret beyond the door
_______________________________________
1967 Eye of the Devil • David Niven é um herdeiro de família que pratica ritos pagãos e precisa dar continuidade a tradição para revigorar as plantações de suas terras. Com Deborah Kerr, Sharon Tate e David Hemmings no elenco. Candidato a cult. Veja o post.
_______________________________________
1967 Our Mother´s House (Todas as Noites às Nove) • Ótimo drama gótico dirigido por Jack Clayton (Os Inocentes) com Dirk Bogarde em um de seus maiores momentos de cafajeste. Quando um grupo de crianças pobres perde a mãe, precisam ocultar o corpo para continuar recebendo o benefício de pensão. Mas o grupo começa a se desequilibrar quando Pamela Franklin supostamente estabelece contato com a falecida e piora quando o pai ausente (Bogarde) volta para casa ao saber da situação. Permeado pelo clima "vitoriano pobretão", o filme é um drama cruel com destaque ao confronto final entre o pai e as crianças à luz da lareira! Um show dramático e estético. 😈😈😈😈

todas as noites às nove
______________________________________
1968 The Magus • Michael Caine é um escritor inglês que em visita a uma ilha grega, conhece o enigmático Maurice Conchis (Anthony Quinn) e se envolve em seus enigmas, visões e aparições que rondam o local. Uma delas pode ser a falecida esposa de Maurice (Candice Bergen). Drama fantástico de ritmo lento e constante suspensão misteriosa. Sua força é a sutileza hipnótica e a narrativa repleta de símbolos e significados. Ana Karina no elenco. Baseado em romance de John Fowles (O Colecionador). 😈😈😈

the magus
_________________________________________
1969 La Residencia (The House That Screamed) • Em um internato de garotas, a novata Teresa (Cristine Galbo de Living Dead at Manchester Morgue) passa por maus momentos ao ser apresentada à rotina local. Lili Palmer é a rigorosa diretora que (sob as aparências) submete as internas a normas de comportamento enquanto procura manter seu jovem filho distante das garotas marginalizadas. Direção de Narciso Ibanez Serrador (1935 - 2019) em uma produção impecável em sua "morbidez vitoriana". É um dos grandes filmes atmosféricos envolvendo casarão gótico. Destaque aos quadros cinemascope remetendo ao melhor do cinema velha-guarda. Cópias recentes restauraram detalhes de insinuação lésbica. 😈😈😈😈

the house that screamed
__________________________________________
1970 The Night Child (Uma Fresta No Teto) • Direção de Andrea Bianchi. Hardy Kruger é um viúvo rico e Mark Lester, seu filho. O viúvo então se casa com Britt Ekland e a bela terá que se adaptar ao ardiloso, evasivo e perverso garoto no convívio diário. Pior: ela desconfia que Kruger pode estar viúvo por culpa do moleque psicopata, apesar de nunca ter havido provas disso nas investigações sobre a morte da ex-esposa! Suspense de circuito fechado, quase teatral, que causou certa polêmica em sua época por causa das cenas de strip da atriz diante do garoto, como parte de um jogo de dominação entre ambos! Acontece muito pouco no filme, mas o jogo de perversão e traições sustenta o show. Será que Britt está perdendo o juízo em suas obsessões? O melhor de tudo é que o insuportável garotinho mala Mark Lester se ferra no final! Pronto, falei. 😈😈

the night child
________________________________________
1971 A Reflection of Fear (A Imagem do Medo) • Sondra Locke é uma jovem reclusa e que demora a amadurecer. Comporta-se como criança, protegida em seu casarão sob os cuidados da mãe e da avó, sempre às voltas com suas bonecas e seus pensamentos. E os pensamentos de suas bonecas! Veja o post.
________________________________________
1971 Venom • Suspense inglês de um diretor alternativo. Fotógrafo se envolve com uma misteriosa jovem e desperta desconfianças no vilarejo em que ela habita. Ficção e fantasia em um filme fora da média do período. Veja o post.
____________________________________
1971 Quest For Love (Busca Desesperada) • Ficção e romance em uma fábula cinematográfica. Tom Bell é um cientista que na demonstração de um experimento é lançado em um universo paralelo onde é casado com Joan Collins e trabalha como escritor. Na volta à condição anterior, Tom precisa localizar a jovem antes que ela seja vítima de uma doença fatal. Produção inglesa da Rank, formal e clássica na narrativa, mas com a premissa pouco explorada do deslocamento espacial e realidades alternativas. Simplesinho e encantador. Elenco cult com Denholm Elliot, Phillip Stone e Simon Ward. 😈😈😈

joan collins - quest for love
_____________________________________
1972 Silent Night Bloody Night (Noite de Sombras Noite de Sangue) • Herdeiro de família rica coloca sua mansão à venda e mortes misteriosas começam a acontecer entre os envolvidos na venda. Produção B que alcançou fama cult por sua forma cinematográfica bastante distinta dos padrões. Veja no post.
_____________________________________
1972 Raw Meat (Metrô da Morte) • Pessoas desaparecem em sessões desativadas do metrô de Londres e autoridades investigam. Canibalismo e estilização em um cult dirigido pelo irregular Gary Sherman. Veja no post.
____________________________________
1972 La Vergine Cavalcano La Muerte (A Força do Diabo) • "O outro" grande filme do diretor espanhol Jorge Grau. Mais lembrado pelo clássico Living Dead at Manchester Morgue. Este tem uma ótima recriação de época para contar a história da Condessa Bathory. Veja no post.
____________________________________
1974 Zardoz • Em um sociedade futurista estratificada entre a elite telepática e os aldeões trabalhadores, guardas armados mantêm a ordem. Sean Connery é um dos guardas que consegue entrar na cabeça voadora que representa o deus Zardoz e se infiltrar na seleta comunidade provocando uma revolução nas estruturas. Fantasia cult dirigida por John Boorman depois da boa repercussão de Deliverance. Um filme sem similares. Entre a ficção-científica e uma fantasia delirante, Zardoz é audacioso em sua simplicidade de efeitos ao vivo, como em um teatrinho fuleiro que jamais pretende o engodo visual. Sua virtude é a naturalidade teatral de uma apresentação ao vivo! Este é o único filme para ver Sean Connery vestido de noiva!!!
😈😈😈😈

zardoz
_____________________________________
1974 The Mutations (Estranhas Mutações) • Thriller que faz uma curiosa mistura da tradição gótica e referências de ficção. Donald Pleasence é um cientista enlouquecido que pretende encontrar a fusão entre o corpo humano e os vegetais. Esse também tem post.
_____________________________________
1976 Obsession (Trágica Obsessão) • Um Brian De Palma menos lembrado. Cliff Robertson é um bem sucedido homem de negócios que perde sua esposa e filha em um sequestro mal solucionado. Anos mais tarde, encontra uma restauradora de arte, sósia da esposa falecida. Livremente inspirado em Vertigo. Roteiro de Paul Schrader. Curiosamente é um dos filmes mais discretos e equilibrados do diretor nas pirotecnias cinéticas que o consagraram. Curiosidade 2: música de Bernard Herrmann (que também havia musicado Vertigo)  😈😈😈

____________________________________
1984 Eyes of Fire (Olhos de Fogo) • Originalíssimo terror que pode ter servido de inspiração a filmes como The Village e The Witch. No século XVIII, família de imigrantes é expulsa de sua comunidade e se abriga em um vale sem saber que ali vivem espíritos ancestrais. Recebidos como intrusos, serão cada vez mais atormentados pelos espíritos das árvores que tentam se apoderar das crianças. As filmagens em externas e efeitos práticos dão uma incrível força rústica ao filme. Esteve disponível em nosso mercado de vídeo (pela Look Video), mas não consta um relançamento em cópia digital. 😈😈😈

olhos de fogo
____________________________________
1990 Jaccob´s Ladder (Alucinações do Passado) • Ambicioso e pouco lembrado terror do diretor Adrian Lynne. Tim Robbins é Jacob, um carteiro ex-combatente do Vietnã cuja vida (ou percepção de vida) oscila entre realidades alternativas. Momentos violentos e mortais marcam as transições entre realidades e Jacob é constantemente assediado por figuras diversas até descobrir que uma experiência com drogas pode ser a resposta aos delírios e perseguições. Depressivo e assustador, não teve a repercussão merecida em sua época. 😈😈😈😈

jaccob´s ladder
____________________________________
1992 The Ressurected (Renascido das Trevas) • Baseado em O Caso de Charles Dexter Ward de H. P. Lovecraft. Chris Sarandon é Charles Ward, cientista obcecado em suas experiências a ponto de se tornar um recluso incomunicável. Sua esposa contrata um detetive para desvendar as atividades de Ward. Uma das mais decentes adaptações da obra de Lovecraft para o cinema. Só ficou datado no "visual anos 80" pelo mix de efeitos que alterna próteses, stop-motion e efeitos ópticos, mas nada tão imperdoável quanto os mullets do detetive!!! A sequência nas galerias subterrâneas é um dos melhores momentos. Direção de Dan O´Bannon. 😈😈😈

_________________________________
1994 Heavenly Creatures (Almas Gêmeas) • O Peter Jackson que ninguém viu! Ambientado nos anos 50, o filme conta sobre a amizade entre duas jovens que se conhecem em período escolar e descobrem uma incrível afinidade de gostos, fantasias e opiniões. A amizade se fortalece tanto que gera suspeitas nos familiares e autoridades escolares a ponto de articularem a separação das garotas sob suspeita de homossexualidade. Entre momentos de humor, drama e delírios fantasiosos o filme culmina em uma aflitiva sequência de suspense. Um trabalho magnífico e sem similares que projetou o nome do diretor depois dos filmes de terror de seu início de carreira.
😈😈😈😈

amas gêmeas
_________________________________
1995 Lord of Illusions (O Mestre das Ilusões) - Clive Barker já tinha queimado a cara com o desastroso Nightbreed (Raça da Noite) e sua "volta" com esta ambiciosa fantasia não foi muito considerada. Uma pena, pois é um filme bem bacana! Veja o post.
__________________________________
1998 Dark City (Cidade das Sombras) • John Murdock tenta recuperar sua memória e desvendar o mistério da cidade noturna dominada pelos "estranhos", seres misteriosos que estudam o comportamento humano. Depois de Blade Runner e antes de Matrix, uma fantasia cativante que trata de implantes mentais e realidades alteradas. Um show em direção de arte com elenco bacana, onde só faz falta um protagonista melhor. Ainda assim é uma ficção/fantasia marcante em seu design anos 40 na qual tudo funciona muito bem, dos efeitos digitais datados à trilha de Trevor Jones emulando Igor Stravinsky. Participações cult de Richard O'Brien de Rock Horror Show como um dos líderes dos estranhos e Bruce Spence (Capitão Gyro de Mad Max 2). 😈😈😈

cidade das sombras


Outros que também já tiveram postagem
____________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário